sexta-feira, novembro 16, 2007

Correspondência dos leitores... # 14

Parece que a nova ponte, que foi instalada no Covão d'Ametade (e que abordei neste e neste post), começa a criar alguma celeuma entre os visitantes daquele local.

Como prova disso, um leitor enviou-me o seguinte e-mail que passo a transcrever:

"Hoje, com um pouco de coragem, voltei a ir ao Covão da Ametade. Ainda nem os fogareiros tinha visto, apesar de já la ter passado na entrada várias vezes, sempre faltou a vontade de lá entrar, que sempre é preferível guardar em memória boas imagens...

Quando entro, reparo que os dois velhinhos troncos da antiga ponte ainda estão no sitio, pensei logo eu que lhes tivesse acendido uma luzinha e fossem recuperar a ponte, mas afinal mais a montante no rio, la estava a nova ponte. Que coisa moderna!!! A serra está a evoluir!Muito agradecemos aos iluminados, por terem posto ali aquela ponte, ao nível dos fogareiros! Só falta mesmo a iluminação amarela aos montes e quem sabe, umas luzes roxas nas copas das arvores!

Enfim, está ali mais um mamarracho. A ponte é feia, com muito ferro e ainda por cima, cortaram uma árvore para a montarem naquele sitio.

Mas, a certa altura, vejo e oiço dois senhores "engravatados" por lá a falar da ponte... Pareceu-me então: "Eles até tinham razão, sobre a outra ponte..."Pensei eu cá para mim, Olha, será que estes Srs também foram ao blog e concordam com o que foi dito! Mas depois oiço: "Ainda vamos meter aqui umas tábuas de lado..." Mau... querem ver que o Sr está implicado neste mamarracho... Já não ouvi mais, que fui a minha vida e só ouvi aquilo enquanto atravessei a dita, mas fiquei com a ideia que alguém responsável pela obra, estava a assumir algo em relação à outra ponte.

Posso ter sido induzido em erro por palavras soltas, ouvidas ao atravessar da ponte, mas até espero sinceramente não tenho sido má interpretação minha. Já que nós vamos ter de gramar com a ponte, ao menos que lhes moa um pouco a consciência...

Cumprimentos a todos,

Um amante da Serra da Estrela"

Deixo-vos também as imagens que acompanhavam o e-mail:




Sinceramente, só de olhar para estas imagens, dá-me vontade de vomitar.

Como é possível, que em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, se esteja a delapidar um pedaço de património natural desta maneira?!

Será que as entidades responsáveis pelo turismo na Serra da Estrela não têm olhos na cara?!

Será que é este tipo de espaços e qualidade, que os promotores pelo turismo na Serra da Estrela, querem oferecer aos turistas que nos visitam?!

Será que RTSE, Turistrela, Câmaras Municipais e demais agentes, não percebem que o que ali se está a passar os vai afectar (directa ou indirectamente) a todos?!

Tenho pena, mas estou a constatar uma vez mais, a falta de estratégia ao nível do turismo na Serra da Estrela!!!

O que se está a passar no Covão, é tão só e apenas, uma visão mesquinha de bairrismo ao estilo novo-rico, em que a Serra da Estrela está mergulhada...

Senhores agentes do Turismo da Serra da Estrela, "sacudam a água do capote" e/ou "tapem o sol com uma peneira", que daqui a uns tempos cá estaremos para ouvir as vossas lamentações.

Talvez nessa altura, comecem a dar razão a estes que vocês tratam de "pseudo-ambientalistas" e afins. Até lá, cá estaremos para dizer o que nos vai na alma, já que nós SIM gostamos da Serra da Estrela e não "gostamos" apenas pelo dinheiro...

3 comentários:

P.R. disse...

Mas que ponte tão bonita. Mesmo de acordo com a paisagem que a rodeia. Muito sensiveis, estes senhores. Muito boa, a direcção do """"""Parque natural da Serra da Estrela"""""".
A árvore?! E então? Ainda há por aí muitas árvores!

Isto até me faz lembrar as casas de certos Emigrantes, em aldeias típicas.

Parabéns.

Paulo Roxo

Anónimo disse...

Acho que a ponte não tem nada a ver com o Parque Natural Serra da Estrela mas simn com a junta de freguesia de São Pedro-Manteigas

P.R. disse...

Até pode ser verdade mas, como a ponte está dentro do Covão e o Covão pertence ao território do Parque natural, este deveria ter uma palavra a dizer sobre o que se faz por ali.

Paulo Roxo