quarta-feira, agosto 22, 2007

Evolução ou recessão?

O presente post demonstra, de certa forma, um pouco do que se passa na Serra da Estrela.

No passado mês de Junho publiquei este post em que mostrava o estado algo patético em que se encontrava o cruzamento que serve o acesso à zona da Torre. (ver imagem que se segue)

Nesse mesmo post, através de uma fotomontagem (ver imagem em baixo) tentava demonstrar como se poderia reparar a situação.

Coincidência ou talvez não, poucos dias depois, passo novamente pelo local e o que encontrei foi o que a imagem em baixo apresenta:

Fiz referência a este acontecimento neste post e deixei ainda uma mensagem de agradecimento pela resolução daquele problema.

Agora veja-se o estado, que considero novamente patético, em que se encontra o referido cruzamento:


Que lhe parece caro leitor? Acha que se trata de um processo de evolução ou de recessão no tipo de turismo que se quer para a Serra da Estrela?!

Para mim, trata-se apenas de mais uma demonstração da falta de nível que se continua a praticar a nível turístico na Serra da Estrela. E porquê?

Para responder a esta questão talvez o mais indicado seja colocar mais umas quantas questões:

1 - poderiam-me explicar qual a lógica de colocar naquele local o outdoor que apresento em cima?

2 - será que alguém me explica o sentido da publicidade e a que se destina, em que apenas se vê uma fotografia (manhosa) de uma família numa telecadeira, aparentando rapar um frio do catano num dia solarengo, tendo apenas a palavra "turistrela" no canto inferior direito?

3 - será que a família que aparece na fotografia, foi informada que o seu retrato está a servir como base para a presente publicidade?

4 - para finalizar, a qual das autarquias está a ser paga a devida taxa pela colocação da referida publicidade em plena via pública?

Creio que estas 4 perguntas, podem ser a resposta para justificar a retirada desse painel daquele local.

Mas creio que com um pouco de sensibilidade, professionalismo e visão, nem sequer se deveria de ter colocado o referido painel naquele local.

Como costumam dizer os entendidos, "urge" fazer algo para eliminar estes actos de patétice em pleno Parque Natural da Serra da Estrela; "urge" estabelecer normas / regulamentos (que sejam para cumprir) em que se estabeleçam critérios para situações deste e outros tipos.

Enquanto não se estabelecer um regulamento (a sério) que estabeleça toda a normativa do que se pode (e deve) fazer nos limites do PNSE, quer a nível de colocação de publicidade, quer ao nível de edificação, bem como das boas e más práticas enquanto utilizadores da Serra da Estrela, continuaremos a assistir ao desrespeito, ao delapidar e à destruição, deste pedaço de Património Natural que é de TODOS, mas que algumas vezes pareces ser apenas de alguns...

Uma vez mais deixo uma pergunta para o final. É desta maneira que se vão gastar os 100 milhões de euros do programa PITER? Enfim...

2 comentários:

Vympell disse...

A verdade é que o cartaz já não se encontra nesse local (pelo menos no dia 23).

Será que só por denuncia é que "funciona" tudo isto na Serra da Estrela????????????

Mau presságio...

Imagino o que andará por aí fora do alcance dos nossos olhos, segundo lema o presidente da CMC: "1.º as pessoas, depois os animais selvagens" (que só por acaso já habitavam este território antes de nos instalarmos).

famel disse...

Malta vcs n entenderam...era preciso colocar algo a tapar os buracos da mudança de placa, vai daí pega-se em qlqr coisa e já está! enfimmmmmmmmmmm