quinta-feira, setembro 13, 2007

Um ano depois que mudou?

11 de Setembro de 2007

Para a maioria das pessoas, quando se fala neste dia, vem logo à memória a farsa dos atentados nos Estados Unidos. Para mim, esse dia, vai ficar também associado ao que foi o nascimento do blogue Estrela no se melhor.

O que começou por ser quase uma brincadeira, onde eu tentava fazer ouvir o meu grito de revolta, rapidamente tomou proporções que estavam fora do meu horizonte. Depois de começar a ser referenciado nos blogues locais, também os jornais regionais o começaram a mencionar. A partir daí, e devido a dois posts algo comprometedores do que realmente se passava na Serra (esgotos na Torre e transportes de neve pelos responsáveis da estância de esqui), o blogue foi mencionado a nível nacional, tanto na imprensa escrita como rádio e televisão.

Nunca pensei que poderia chegar a tanto. Mas e isso deve-se a quê? Creio que a selecção de imagens que a seguir apresento são a melhor resposta para esta questão:















































Confesso que enquanto fazia esta selecção de imagens, senti um aperto no peito… talvez seja porque sinto o que vejo e porque vejo que os que fazem estes atentados não sentem o que fazem.

Infelizmente é mesmo este o grande problema dos senhores que mandam na nossa Serra.
Esses senhores (se é que se podem chamar de senhores…) não gostam da nossa Serra!
Como é possível, alguém que goste da Serra, cometer tamanhas atrocidades como as que estão retratadas nestas imagens?
Como é possível, alguém que goste da Serra, achar que o turismo que se deve desenvolver na Serra é o mesmo que provoca o que está retratado nestas imagens?

Desculpem os meus leitores, mas para mim a nossa Serra é como uma rapariga jeitosa que não precisa sequer de maquilhagem!
Quando uma pessoa ama uma rapariga assim, certamente não a trata mal, não a espanca, não lhe diz para se pintar… certamente quando uma pessoa ama uma rapariga assim, o que faz é amá-la, respeitá-la, tal e como ela é!

Senhores responsáveis pelos atentados directos ou indirectos da Serra… vejam se começam a pensar na Serra da mesma maneira que eu penso, certamente algo iria mudar.

Até lá preparem-se, pois o Estrela no seu melhor vai continuar… vai continuar a incomodar, a por o dedo na ferida, a retratar o que de mal se faz, o que de mal se quer fazer, mas propondo sempre soluções e visões diferentes das que até agora têm sido tomadas.

Para finalizar, resta-me agradecer aos mais de 17.000 leitores que já visitaram o blogue! É a vossa “força” que também me tem ajudado a acreditar no que estou a fazer…

PS: creio que a última imagem reflecte bem aquilo que está a Serra… um ano depois que mudou?

7 comentários:

ljma disse...

Parabéns, Estrela no seu melhor! Que faças muitos e bem!

José Amoreira

Eduardo disse...

Estou contigo! Quando subo a Serra nunca vou à torre para não me aborrecer. Mas felizmente nessas caminhadas ainda consigo encontrar terreno remoto, encontro pastores e converso com eles para avaliar a dureza daquelas vidas. Mas lá porque as cabradas e rebanhos acabem e a vida rural em geral desapareça (o que é natural), não se segue que a serra seja concessionada como fazem nas praias! É deixá-la estar, sossegada, austera e inacessível. Mas a propósito das fotografias (são bem elucidativas): sempre desconfiei que houvesse um emissário de esgoto no planalto. Agora vi-o na fotografia! É chocante! Tenho esperança que a mentalidade mude, resta saber se a tempo! Enquanto isso vamos lutando. (Talvez a Europa, talvez a Europa ponha um travão na prepotência dos "donos da serra")Abraço e parabéns

"O Padrinho" disse...

Parabéns pelo primeiro aniversário! A pergunta que fazes no final é interessante porque parece que nada mudou...ou melhor se calhar até mudou...mas foi ainda para pior! No entanto, vale a pena continuar a denunciar os atentados terroristas que teimam em persistir na Serra da Estrela!

Continua o excelente trabalho que tens desenvolvido!

Saudações mafiosas!

TPais disse...

Parabens pelo teu primeiro aniversário CovaJ!!
Eu acho que houve grandes alterações principalmente a nivel da percepção das pessoas que algo de muito errado se passa numa das Serras mais emblemáticas do nosso territorio!
Abraço e continua o bom trabalho
TiagoP

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Ainda que o blogue ficasse por aqui, já teria valido a pena por ter conseguido que certos problemas fossem resolvidos (como o dos esgotos na encosta da Covilhã).

E quanto ao "resto"?! O "resto" é uma luta titânica e diária que levará anos a dar resultados práticos. Infelizmente, nenhum blogue, por melhor que seja, os pode resolver de forma milagrosa.

Na minha modesta opinião, a raiz do problema vai muito além da Turistrela e dos responsáveis directos do turismo. As coisas são o que são porque a sociedade o permite e o acha normal. E por isso é que é uma luta tão difícil.

A forma como lidamos com a conservação da natureza em Portugal reflecte o país subdesenvolvido que ainda somos. À pobreza e ao analfabetismo que herdámos do salazarismo, juntámos nos últimos anos um "parolismo novo-rico", uma fé no binómio "betão/alcatrão" e uma atroz falta de cultura cívica.
Somos mais ricos mas mais pobres de espírito, sabemos ler mas temos uma profunda iliteracia que nos impede perceber que é possível um diferente tipo de desenvolvimento e de turismo...

E bastava ir a Espanha, onde as coisas também estão longe de ser perfeitas, para ver exemplos de como é possível conciliar "conservação da natureza" com "turismo sustentável de montanha".

Até ao dia em que os portugueses se fartem deste pseudo-desenvolvimento e deste turismo do "saco de plástico", iremos continuar a percorrer com um sufoco no peito e um peso no coração muitos dos caminhos da Estrela.

É quase com "raiva" que se observa que não só não se resolvem os problemas do passado como ainda se inventam novos mamarrachos...ainda no outro dia passei por "aquilo" a que chamam de skyparque. É apenas um pequeno exemplo...mas quanta riqueza para o concelho de Manteigas não foi prometida com aquele mamarracho? E agora, "para ali às moscas", para que serve aquele "elefante branco"? Quem vai pagar os custos futuros da sua desmantelação? Ninguém, é certo. Porque tal como muitos outros mamarrachos da nossa serra, ali acabará por ficar abandonado ad eternum...Alguém ainda acredita nesta gente?

Mas enfim, vamos todos continuar a fazer aquilo que podemos. As pequenas, mas importantes, batalhas que este blogue conseguiu num ano são um incentivo para todos os que acreditam que a mudança, ainda que lenta e difícil, é possível!

Anónimo disse...

concordo que ha mts atentados ambientais, mas que tal em vez de criticar denunciar as autoridades competentes por exemplo a adc que existe lixo ou entullho em determinado sitio? criticar é muito facil e passar a acçao? deixo aqui o numero da adc e quero ver 800202798 pra quem nao saiba é gratuito

Anónimo disse...

Há uns senhores da Serra da Estrela (não me refiro a ninguém em particular) que a vêem tão bonita que antes preferem prostituí-la, quantas vezes em benefício próprio...